Pesquise Aqui

Carregando...

NOTÍCIAS DA HORA

Loading...

sexta-feira, 18 de abril de 2014

BOMBA! BOMBA! BOMBA: COM A GREVE DA PM PARTIDOS PERDEM LIDERANÇAS, DIZ O DEPUTADO CLÁUDIO NASCIMENTO

Deputado Cláudio Nascimento comenta no saiunoblog...

BOMBA-BOMBA-BOMBA
Não só Partidos de Salvador como de Lauro de Freitas tentam atrair novos filiados que estão saindo do PSDB-PMDB-DEM-PSB- Depois da Greve da PM. Até lá, as negociações de bastidor serão intensas. Publicamente, ninguém admite perder. “A gente lamenta que os partidos foram envolvidos na greve da PM principalmente o (PSDB) Pelos que vão, mas o cenário continua bastante favorável ao PT-PP-PSD-Pc do B.  Não acredito que haverá grandes baixas”, diz o deputado Claudio Nascimento. Este comentário no meio político é muito grande.

LAURO DE FREITAS: FOSSA FEITA EM ÁREA AMBIENTAL???


Isto tem ou não anuência do meio ambiente e da fiscalização?
Fossa feita em área ambiental feita com ou sem autorização na. (Associação Portão do sol em Buraquinho) Onde está a Secretaria do Meio Ambiente ) O pior que neste local a Superintendência tem autorização, não viu ou é conivente ? 

Responda quem puder.

"A DEMOCRACIA É O IMPÉRIO DA LEI E NINGUÉM ESTÁ ACIMA DELA"

POR Rogério Condá

"Democracia é o império da Lei e ninguém está acima dela. Confundem diálogo e disposição para negociar com falta de autoridade e hierarquia, e isso não vamos admitir. O Exército continua na rua até voltarmos a plena normalidade."

Foram com essas palavras que o governador comunicou aos baianos o fim da greve.

É complicado se ouvir durante essas 48h de paralisações de que o nosso governo é intransigente, não dialoga com ninguém, não pensa na população e só em seus interesses políticos. Realmente, confesso que dói muito. Se pelo menos as pessoas falassem com alguma autoridade, ou com comprovações práticas disso tudo? Mas, como pensar que o governo não dialoga, se construímos políticas públicas com o apoio da sociedade? Se os movimentos sociais têm porta aberta para sentar e discutir, de igual para igual, dentro do gabinete do governador?

Isso tudo não ouvi boatos. Isso é veracidade dos fatos. É a prática do dia-a-dia. A mentalidade desse governo é a de governar democraticamente. Dúvida? Então testa: Passa um e-mail pra Dilma e veja em quanto tempo sua resposta chega; Passa um e-mail, entrega uma carta ou solicita uma audiência com o governador ou qualquer secretário de estado e vê em quantos dias você consegui isso.

Cansado de muita conversinha de pessoas que falam sem ter como provar. É só jogando no ventilador, compartilhando mentiras..

Duvido se algum desses que falam que o governo não dialoga já participou de alguma das muitas Conferências (territoriais, municipais, estadual ou nacional) para ajudar na construção de políticas públicas..

Chegam ao ponto de insinuarem que o governador "é o maior ladrão de todos". Falar isso é muito fácil. Eu apenas peço pra levantar algum escândalo que ele estava envolvido durante todo o seu governo. Aí, essas mesmas pessoas não respondem, ficam caladas, gaguejam. Tudo isso pq não tem como provar. 

Se a greve foi eleitoreira, se quem estava à frente dela utilizou os seus comandados como massa de manobra..sinceramente, não me interessa. O que queria, apenas, registrar é que esse movimento chegou ao fim com a mesma proposta feita pelo Governo antes da decretação da greve e a proposta sequer foi lida na Assembleia!

Desculpem o desabafo, mas as vezes, incomoda muito certas coisas.

Boa Páscoa à todos nós!

O BICHO PEGOU! 42 MORTES EM FEIRA DE SANTANA DURANTE A GREVE DA PM


Entre as 8h de quarta-feira, dia 16, e 1 da tarde desta quinta-feira, dia 17, foram registradas 42 mortes em Feira de Santana, sendo 38 homicídios e latrocínios e 4 autos de resistência. Segundo o jornal A Tarde, o delegado Ricardo Brito, coordenador da 1ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (1ª Coorpin/Feira de Santana), informou que todo o efetivo de policiais, escrivães e delegados foi utilizado para fazer os levantamentos cadavéricos. “Estamos ainda tentando fechar os números precisamente, pois a todo momento chegam novos casos”, disse Brito. Por conta das mortes ocorridas durante a greve da Polícia Militar, o Departamento de Polícia Técnica (DPT) também teve grande demanda na manhã desta quinta. Ainda de acordo com o coordenador regional, as necropsias são realizadas por várias equipes de médicos legistas, peritos criminais e técnicos, que trabalharam com o apoio de outras Cidades.

O JUDAS NA POLÍTICA, SERIA UMA CAÇA AOS VOTOS OU DISTRIBUIÇÃO DE CULTURA?

A Prefeitura Municipal de Lauro de Freitas, através da Secretaria de Cultura mantém viva a tradição religiosa da Semana Santa de queimar o Judas. O evento será realizado em diversos bairros da cidade no sábado de Aleluia e domingo de Páscoa.

Pensar..!?!?!?


Pensar… Parece ser algo muito comum no ser humano, mas é preciso observar como cada indivíduo “pensa”. Boa parte dos eleitores pensam com a barriga. Boa parte dos jogadores de futebol pensam com os pés e mãos. Algumas “artistas” pensam com a bunda, ao mesmo tempo que seus fãs pensam com os olhos… Também é bem comum ver pessoas pensarem com o coração.Verdadeiros pensadores, aqueles que usam o cérebro, são uma raça tão pouco valorizada que arriscaria dizer que estão em extinção.
por Oto Muller Alexandre em 17 de abril de 2014

Medo do Mito: recorde negativo do Jornal Nacional levanta a discussão sobre a crise do jornalismo

534dfc4db141b

Nesta noite, foi difícil fechar os olhos e dormir. Sim, nunca tive problema com insônia, algo tão comum entre os meus companheiros jornalistas, os quais vivem quase que diretamente com os problemas urbanos.

Problemas urbanos, um em especial, que talvez seja a razão da minha dificuldade de pegar no sono nesta noite. A minha preocupação é tanta, que aquele medo de criança passa a dominar a minha mente. Tempo frio e escuro lá fora, depois de meses de um intenso calor, provoca uma espécie de submissão ao medo (até porque no calor, com tantos mosquitos, não consigo sentir outra coisa senão ódio por essas criaturas). Acho que não tem explicação, porque o meu corpo reage assim diante do problema e eu não tenho mais controle sobre nada.

Mas é claro que eu preciso enfrentar esse medo de frente, fazer com que ele sinta medo de mim e não o contrário. Que dilema. Saio da cama e lá vou eu, para o espelho do banheiro.

No início desta noite, vi no Jornal Nacional que o número de assassinatos da Loira do Banheiro chegou a 18, o mesmo ponto de audiência que o noticiário atingiu no dia anterior, o pior da história. Mas eu tenho certeza que o meu nervosismo é maior do que dos meus colegas da Globo, porque eu estou prestes a encarar o meu maior medo, razão de eu não estar dormindo naquela noite, sendo que não tenho insônia: a Loira do Banheiro, ou Maria Sangrenta, ou Bruxa do Espelho. Minha rival naquela noite nem nome definido tem.

Olho-me no espelho, evoco o nome “Loira do Banheiro” três vezes e acontece uma coisa inacreditável. Nada. Fico surpreso com a omissão da criatura. Grito pelos outros nomes, mas continuo sem ter uma única resposta, nem mesmo aquele susto tradicional provocado pelo jogo do labirinto do terror.

Reflito. Enfim consigo entender. É tudo mentira. Uma lenda urbana. Volto para cama, escrevo essa história e durmo naturalmente.

Essa história tem como principal gancho a crise que vive o Jornal Nacional. É exagero afirmar que toda a produção do principal noticiário do país seja baseado em mitos, longe disso, mas o jornal tem sofrido juntamente com toda a mídia tradicional: a crise de credibilidade. Não é a toa que recentemente, temendo o dia em que o iminente recorde negativo fosse chegar, fizessem um editorial para reconquistar os velhos telespectadores, aproveitando ainda para dar condolências pela morte do cinegrafista Santiago. Veja nesse link: https://www.youtube.com/watch?v=jvqaTbOWqQc

O poderoso noticiário, que já chegou aos 70 pontos de audiência nos anos 80, hoje definha. A tal da loira do banheiro é uma lenda urbana, que atualmente não é mais razão para medo do que foi para as gerações de décadas anteriores, mas o “monstro” internet é real e veio para infernizar a vida do jornalismo rasteiro que o Jornal Nacional muitas vezes pratica.

Podem colocar os antigos diretores de redação, que fizeram o Jornal Nacional se tornar o número 1 do país em relevância, Elio Gaspari e JR Guzzo. Podem trazer de volta Cid Moreira para fazer a dupla com Willian Bonner, mas o engajamento dos novos consumidores de mídia, acostumados com a plataforma multilinear e independente da internet, não irá mudar enquanto a Globo não repensar sobre o seu newsmaking e ainda renovar seus métodos de fazer jornalismo.

por Henrique Rodrigues em 16 de abril de 2014

PROFESSOR ELIAS ROBERTO PRECISA DE PARCEIROS PARA LEVAR ATLETAS AOS CAMPEONATOS BAIANO E BRASILEIRO DE BOXE



Bom dia, Santo Amaro de Ipitanga - Lauro de Freitas-Bahia. Estamos em véspera de duas competições: o Baiano e Brasileiro Juvenis. Iremos com cinco atletas e dois técnicos.
Você empresário de Lauro de Freitas e região venha ser parceiro destes atletas nesta caminhada, precisamos de passagens e vestuário (sapatilha, camisa de luta e de treino, short de competição, agasalhos, tênis, meias, protetor bucal e bandagem). De contra partida sua marca será exposta em nossas camisas do projeto e de luta, vamos colocar sua marca em nosso blog por um ano. Campeonato Brasileiro Juvenil Masculino, e Adulto Feminino,  de 1 a 8 de junho, no Mato Grosso do Sul.
Colaboração em depósito:
Caixa Econômica Federal
Agência: 2022 Op. 013 Conta Poupança 0644-8
Contatos: Prof. Elias Roberto
(71) 8184-6700 OU 8650-7629
Email: ASPUJULF2@GMAIL.COM

UMA GRANDE CAUSA DO CÂNCER DE MAMA É A UTILIZAÇÃO DE ANTI-TRANSPIRANTE!


Água e sabão na axila antes de dormir!
Devemos passar a noite com axila limpa ou apenas com DESODORANTE, para ser um momento de respiração livre da axila.
"Algum tempo atrás, eu fui a um seminário sobre Câncer de Mama, conduzido por Terry Birk, com o apoio de Dan Sullivan.


Durante a discussão, perguntei por que a razão mais comum para o desenvolvimento de tumores de câncer de mama é perto da axila.
A minha pergunta não pode ser respondida naquele momento.
Esta informação me foi enviada recentemente, e eu estou contente que tenha sido respondida.

Informei uma amiga que está passando por quimioterapia e ela disse que já tinha esta informação, obtida num grupo de apoio que frequenta ...
Agora eu quero compartilhar informações com você.

Uma grande causa do câncer de mama é a utilização de anti-transpirante!
Sim, anti-transpirante.

A maioria dos produtos no mercado são uma combinação de anti-transpirantes/desodorantes.
Olhe para os rótulos!
Desodorante é bom,
Antitranspirante, NÃO.
A concentração de toxinas provoca mutação de células:

CÂNCER. Aqui está o porquê:

O corpo humano tem apenas algumas áreas onde você pode eliminar as toxinas: atrás dos joelhos, atrás das orelhas, a área de Inglês e axilas.
Toxinas são eliminadas através da transpiração.
O anti-transpirante, como o nome diz, impede a transpiração, portanto, inibem o corpo de eliminar as toxinas através das axilas.
Estas toxinas não desaparecem magicamente.

Como não vem com o suor, o organismo deposita nas glândulas linfáticas encontrados sob os braços.
A maioria dos cânceres de mama ocorrem no quadrante superior da área do peito. precisamente onde estão as glândulas. Em homens parece ocorrer em menor grau, mas não estão isentos
O câncer se desenvolve por causa do uso de anti-transpirante, em vez de água e sabão.
A diferença reside no fato de que, quando os homens usam anti-transpirante, não é aplicado diretamente sobre a pele, o fazem em grande parte, no cabelo das axilas.

As mulheres que aplicam anti-transpirante após o barbear ou arrancar dos pelos das axilas, aumentam o risco devido a pequenas feridas e irritações da pele, causando que produtos químicos nocivos penetrem mais rapidamente no organismo.

Por favor, repasse esta informação e marque pessoas importantes para você...
O câncer de mama está se tornando assustadoramente comum e este aviso pode salvar algumas vidas.
Se de alguma forma duvidam desta informação, podem fazer as suas próprias investigações
Provavelmente vão chegar à mesma conclusão.
De: Gom Reme Apoio Revista Funk do Brasil

A aliança Eduardo Campos-Marina Silva a rigor não forma uma terceira via. É uma força a mais que se agrega ao campo da oposição conservadora. Disputará com Aécio Neves a condição de adversário principal da candidatura de Dilma Rousseff à frente da coligação progressista. Ambos vão concorrer para firmar compromissos mais sólidos com as classes dominantes, sobretudo a oligarquia financeira, e seus elos internacionais.

Açaí e tapioca: combinação conservadora

Por José Reinaldo Carvalho, no site Vermelho:

O jornal “Folha de S.Paulo” dedicou na última quarta-feira (16) um editorial ao lançamento da chapa Eduardo Campos-Marina Silva à Presidência da República. Supostamente, o artigo de fundo tece críticas e lança dúvidas sobre a consistência da aliança entre o ex-governador de Pernambuco e a ex-senadora do Acre.

No fundo, porém, o diário da família Frias estimula a dupla e até procura dar-lhe conselhos, com o intuito de que prospere a “terceira via” na disputa sucessória. Apropriando-se da metáfora de Marina, que denominou a união com Campos de casamento do açaí com a tapioca, a “Folha” manifesta o desejo de que a mistura seja eficaz como alternativa ao “feijão com arroz lulista e ao chuchu do PSDB”. Açaí com tapioca, arroz com feijão e até o chuchu são delícias da mesa brasileira. Dúvidas à parte sobre se os antigos boys da Barão de Limeira têm gosto apurado para uma e outra iguaria, vamos ao que mais interessa.

Na política, não há como negar, a combinação aparentemente exótica de Eduardo Campos com Marina Silva resulta em prato indigesto. É receita conservadora.


Como sempre, a análise da Folha é superficial e as opiniões que dá apenas tangenciam as questões essenciais, detendo-se em pormenores que, já detectados pelo comando da campanha da coalizão PSB-Rede-PPS, serão contornados pragmaticamente, enquanto for conveniente à empresa eleitoral a que se lançaram os dois pretensos líderes do novo agrupamento oposicionista. 

Para a “Folha”, a aliança Campos-Marina não é ainda um projeto político coerente, porque supostamente haveria um conflito entre o “desenvolvimentismo” do candidato pernambucano e o “ambientalismo” da política nortista. Ora, para Marina, este rótulo não passa hoje de cartão de visita para transacionar a soberania nacional sobre a Amazônia na bacia das almas dos interesses alienígenas.

Igualmente, segundo o jornal, seria obstáculo ao progresso político da coalizão recentemente formada o cadinho de contradições nos estados entre caciques políticos do PSB e da Rede, duas formações políticas que para efeito propagandístico são “modernas” e “programáticas”, o que é sobejamente contrastado por práticas oligárquicas, autoritárias e individualistas.

De fato, a aliança parece esdrúxula e não constava de nenhum roteiro nem manual. Mas a vida política não é regida por estes e se impõe por sobre as especulações e desejos dos sujeitos políticos. O mundo político brasileiro se surpreendera quando em outubro do ano passado, após o fracasso de Marina Silva na constituição do seu partido - que ela insiste em não chamar de partido - decidiu filiar-se a um partido tradicional. Até aquele momento, era a jogada política de maior envergadura do cenário pré-eleitoral. Mas a evolução dos acontecimentos revelou, desde os primeiros discursos de Marina e Campos quando anunciaram sua união, que esta tem um sentido claro e objetivos coerentes, dentro da lógica que adotaram.

O objetivo imediato e pragmático é a criação de uma força política nova na disputa eleitoral, uma “terceira via” alternativa na contenda entre a candidatura da presidenta Dilma Rousseff à reeleição, liderando uma coalizão progressista, e a do senador Aécio Neves, à frente das forças neoliberais e conservadoras. Mas o que cimenta no fundo o pacto entre a legenda dirigida por Campos, a Rede de Marina, ligada a interesses internacionais acobertados de “ambientalismo”, e o anticomunista PPS é o antagonismo às forças que conduzem as mudanças de cariz democrático, patriótico e social no Brasil há 12 anos, desde o primeiro governo Lula, do qual ambos fizeram parte e de que, por cálculo sobre o que lhes era conveniente e oportuno, decidiram se desligar.

De Marina Silva, ex-petista, já se esperava que percorresse o caminho que a levaria aonde chegou no espectro político nacional. Sob sua gestão, durante o governo do ex-presidente Lula, o Ministério do Meio Ambiente se tornou o paraíso das Organizações não Governamentais, uma agência a serviço dos interesses de potentados que se sentem incomodados com a emergência de gigantes como o Brasil, entre outros países que, se orientados por forças progressistas, podem desempenhar um inovador papel geopolítico e contribuir para alterar a correlação mundial de forças. Desde então, Marina desmascarou-se como instrumento de políticas antinacionais, perfil que se tornou mais nítido na campanha eleitoral de 2010, quando agregou a este perfil um traço inusitado – a aliança com forças obscurantistas, a dupla moral, o farisaísmo e o apego ao que há de mais reacionário nas esferas recônditas da consciência social. 

Por seu turno, o ex-governador pernambucano vem pavimentando a trajetória de integrante da oposição a Lula, Dilma, PT e coalizão progressista pelo menos desde 2011, quando o êxito que teve com sua reeleição em 2010, em grande parte devido ao apoio de Lula a seu governo, de algum modo o embriagou, levando-o a achar que tinha condições de disputar a Presidência da República. Desde então começou a elevar o tom das suas críticas ao governo da presidenta Dilma. Em 2012, começou a “costear o alambrado”, ao mesclar suas críticas à mandatária com elogios a FHC e ao PSDB, o que se traduzia na prática em acordos, primeiramente de bastidores, depois explícitos com Aécio Neves. 

Campos tem uma trajetória de centro-esquerda, tendo herdado do seu avô, Miguel Arraes, um legado de lutas e realizações em prol da democracia, da soberania nacional e do progresso social. Teve méritos inegáveis como deputado federal, ministro e governador. Honrou a camisa de político progressista e nacionalista enquanto fez parte da coalizão vitoriosa que governa o País sob a liderança da presidenta Dilma Rousseff.

Mas fez uma nova opção, mudou de lado, atravessou o seu Rubicão, traçou outro caminho e está percorrendo-o, com decisão e cálculo político. Em setembro do ano passado, abandonou o campo progressista, rompeu com o governo e decidiu atacar a presidenta Dilma e sua política, esposando teses que em muito se assemelham às do PSDB e demais setores conservadores e neoliberais.

Em busca de credenciar-se como candidatura alternativa, Eduardo Campos escolheu o caminho da confrontação direta com o governo e a mandatária. Soma-se dessa maneira aos setores que pretendem interromper o ciclo progressista que o Brasil vive há 12 anos, afastando-se do campo democrático, popular e de esquerda. Até agora, apesar de apresentar-se como “novidade”, o ex-governador pernambucano se limita a criticar a presidenta da República, tentando desqualificar a mais representativa autoridade do país.

A aliança Eduardo Campos-Marina Silva a rigor não forma uma terceira via. É uma força a mais que se agrega ao campo da oposição conservadora. Disputará com Aécio Neves a condição de adversário principal da candidatura de Dilma Rousseff à frente da coligação progressista. Ambos vão concorrer para firmar compromissos mais sólidos com as classes dominantes, sobretudo a oligarquia financeira, e seus elos internacionais. 

A posição política de Eduardo Campos e Marina Silva é expressão de um tipo de transformismo político em voga no mundo e no Brasil, com suas peculiaridades, na atual quadra que atravessamos. Acomete outros setores de esquerda, inclusive alguns que fazem parte do partido majoritário e hegemônico na coalizão vitoriosa que governa o País. Acomete igualmente a esquerda pretensamente radical. É mais um fenômeno a justificar a prioridade que a esquerda revolucionária e consequente deve atribuir à batalha das ideias.

quinta-feira, 17 de abril de 2014

VIBRAÇÃO POSITIVA NA CONCHA ACÚSTICA DE LAURO DE FREITAS, NESTE SÁBADO, DAS 21 ÀS 5 HORAS


APOIO: WWW.SAIUNOBLOG.BLOGSPOT.COM.BR

CENAS FORTES: O SALDO DA GREVE DA PM EM LAURO DE FREITAS

Morte no Hiper Bom Preço.

Segurança do HIPER BOM PREÇO de Portão assassinado agora, 14 horas e alguns minutos. O crime está tomando conta de nossa cidade.
Um segurança foi morto dentro de um supermercado em Lauro de Freitas, na Região Metropolitana, no início da tarde desta quinta-feira, dia 17. O crime ocorreu por volta de 1:30 da tarde no Hiper Bompreço de Portão, na Estrada do Coco.
Segundo a Central de Polícia, dois cramunhões tentaram realizar um arrastão no local e, na fuga, renderam e atiraram no segurança, que estava trabalhando no momento.
Segundo a assessoria do Hiper Bompreço o funcionário era terceirizado e estava portando uma arma, que foi utilizada e levada pelos assaltantes. O carro utilizado pelos homens foi abandonado durante a fuga.



SERÁ QUE ESSE CARRO FOI ROUBADO?

Um internauta nos passou que este carro está na Ria São José , Centro de Lauro City e segundo ele foi tomado de assalto. Vamos prá frente.
O carro CORSA HATCH PLACA JRI 2357, PRATA foi tomado de assalto assalto, hoje, 17/04 pela manhã na Rua São José no Centro de Lauro de Freitas.
No último dia 15/04 foram registrados o roubo do RENAULT SANDERO PLACA OKO 3405, BRANCO na região central da cidade, e as duas motos HONDA CG 125 FAN PLACA NZF 1520, VERMELHO em PORTÃO e a HONDA CG 150 FAN PLACA OUY 9194, PRETO na região da Estrada do Coco. 


O bicho PEGOU !










11 homicídios nas últimas 24 horas em Lauro City. Dr. Márcio Paiva, PP, liga para o governador Jacques Wagner e solicita a Força de Segurança Nacional e o Exército em nossa cidade e logo, em nome de Jesus, orixás, caboclos e guias.


LUAN MIGUEL RODRIGUES DO ROSÁRIO de 22 anos e ALEX SANTOS DA PAIXÃO SILVA de 18 anos foram mortos na Rua Valmir Couto, Largo do Iraque, próximo ao bar Casa da Sogra por volta das 21:00 H. Segundo informações, a dupla que pilotava uma moto se aproximou de um grupo de pessoas que estavam no local anunciando o assalto, quando alguém que estava no grupo reagiu fuzilando os dois jovens. Ainda segundo populares, depois de dez minutos, dois outros homens chegaram numa outra moto para apurarem do ocorrido e armas em punho começaram a atirar para todo lado causando pânico aos moradores que estavam ainda no lugar. Não há registros de outros feridos.Mais mortes em Itinga, próximo ao Alto de Itinga, segundo a fonte. Estas imagens nos foram enviadas na noite do dia 16, amanhecer do dia 17, hoje. Não nos mandaram nomes e nem a motivação destas mortes, tristes fins de seres humanos, pois de carne e ossos e filhos do mesmo Pai. Até quando viveremos isto em Itinga, Portão, Areia - Branca, Beco do Juqui, Chafariz, Lagoa da Base, Pé Preto, até quando ? O prefeito, Dr. Márcio Paiva, PP, já devia ter ligado para o governador Jacques Wagner e solicitado a força de segurança nacional em Lauro City. Estes índices assustadores de MORTES levará nossa cidade para a cabeça da pule da violência no Brasil quiçá no mundo e aí todos ,de alguma forma, pagarão um preço. E quem ganha com esta situação ? Vida que segue.

GOVERNO DA BAHIA FEZ ACORDO COM OS POLICIAIS E A GREVE ACABOOUUU


O governador Jaques Wagner se reúniu, nesta quinta-feira (17), com o ministro da Justiça, Eduardo Cardozo, o comandante da 6ª Região Militar, general Racine Bezerra, o secretário de Segurança Pública, Maurício Barbosa, o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Alfredo Castro, e representantes das Forças Armadas, da Força Nacional e da Polícia Federal.
Os Policiais aceitaram o acordo e a greve acabou.

Mas o Ministério Público concedeu liminar ao estado da Bahia cobrando o fim da greve e aplicando multa de R$ 1.400.000,00 (Hum Milhão e Quatrocentos Mil Reais)

Segundo a decisão, a multa deverá ser paga pelos 14 réus da ação ajuizada pelo MPF/BA, que tiveram seus bens bloqueados: Associação de Policiais e Bombeiros e de seus Familiares no Estado da Bahia (Aspra), Associação de Praças da Polícia Militar da Bahia (APPM/BA), Associação dos Oficiais da Polícia Militar da Bahia (AOPM/BA - Força Invicta), Associação dos Oficiais Auxiliares da Polícia Militar do Estado da Bahia (AOAPM/BA), Associação dos Subtenentes, Sargentos e Oficiais da Polícia Militar Da Bahia – (ABSSO/BA), Associação dos Bombeiros Militares da Bahia (Associação Dois de Julho/Ba), Marco Prisco Caldas Machado, vereador e Diretor-Geral da Aspra/BA, Jackson da Silva Carvalho, presidente da ABSSO/BA, Agnaldo Pinto de Sousa, presidente da APPM/BA, Edmilson Tavares Santos, presidente da AOPM/BA - Força Invicta, José Alberto da Silva, diretor financeiro da AOAPM/BA, Nelzito Coelho Oliveira Filho, presidente da Associação Dois de Julho/BA, Ubiracy Vieirados Santos, presidente da AOAPM/BA e Paulo Sérgio Simões Ribeiro, diretor financeiro da AOPM/BA - Força Invicta.

APESAR DA GREVE, O DIA FOI NORMAL NO BAIRRO DE ITINGA, EM LAURO DE FREITAS

Largo do Caranguejo, pela tarde....

A Itinga pulsando. O mais populoso distrito de Lauro City, 8O mil habitantes, todos e todas tocando a vida com ou sem GREVE. Claro que o FIM da GREVE da PM traz junto mais um pouco de tranquilidade. Ou de menos angústia, medo, desespero. Mas não há dúvidas que há uma necessidade de se redobrar a SEGURANÇA nesta comunidade mesmo sem GREVE da POLÍCIA. Vida que segue.













BONEQUINHAS DA AMAZÔNIA: REDE DE PROSTITUIÇÃO DE ADOLESCENTES


O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO AMAZONAS investigou uma rede de prostituição de adolescentes, envolvendo cafetões, prefeitos, um deputado estadual, cônsul da Holanda e empresários.

NOSSA OPINIÃO

A opinião do advogado Marcelo Santana

No episódio denominado BONEQUINHAS DA AMAZÔNIA, o Fantástico deitou e rolou no Domingão da Globo. Sabemos que essa deformação deve ter chegado aqui no Brasil no ano de 1.500 com o descobrimento, os portugueses, durante todo o período colonial, usaram e abusaram das escravas negras e das indiazinhas. 

Na verdade, nossa história é marcada por abusos, os coronéis do cacau na década de 20 também deixaram suas marcas nas menores. E no Brasil de hoje não é raro se trocar meninas por sacas de feijão e farinha nos rincões do nordeste brasileiro. Na periferia das grades cidades os chefões do tráfico escolhem as "novinhas" no embalo do funk e do pagofunk. 

Agora é a amazônia com meninas recrutadas nos bolsões de miséria para servirem aos "homens de bem". Em todas as circunstâncias o Estado é o grande responsável pela sua ausência e por "fechar os olhos" quando se trata de verbas para politicas sociais. O Bolsa Família não e capaz de segurar o ímpeto das adolescentes pelas roupas de marcas, tênis e adereços, tornando-as presas fáceis e por consequência vitimas desse sistema que fortalece a cada dia o "ter em detrimento do ser". Claro que os os suspeitos poderão ser punidos, mas a questão é muito mais profunda. O que nos remete a sonhar com o verdadeiro estado social e democrático de direito, com educação de tempo integral e assistência às famílias em situações de riscos, afinal das contas pagamos impostos para o Estado implementar ações para o cidadão, pois não interessam as grandes obras se não podemos usufruí-las, pois as nossas crianças continuam sendo violadas, as pessoas continuam sendo assassinadas, o trafico impõe seu poder de dentro das prisões...A grande obra de um grande gestor é a construção da cidadania em sua plenitude.

E por aqui, como andam as coisas Dr?

POLICIAIS MILITARES ACEITAM PROPOSTA DO GOVERNO DA BAHIA E ENCERRAM A GREVE

Governador Jaques Wagner concede coletiva de imprensa sobre a segurança pública.

Em entrevista coletiva na tarde desta quinta-feira (17), na Governadoria, em Salvador, o governador Jaques Wagner e o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, informaram que os policiais militares aceitaram a proposta do governo e anunciaram o fim da greve. “Recebemos a notícia que nos tranquiliza muito de que, com os esforços de alguns intermediários, finalmente os policiais aprovaram, em assembleia, o fim da greve”, afirmou o governador. 

O acordo é assinado pelas seis associações representativas da categoria, o comandante-geral da PM, coronel Alfredo Castro, e o secretário estadual da Segurança Pública, Maurício Barbosa. A entrevista foi concedida após uma reunião de planejamento para a Garantia da Lei e da Ordem (GLO), da qual também participaram o ministro José Eduardo Cardozo, ministro interino da Defesa, tenente brigadeiro Juniti Saito, o general Racine Bezerra, comandante da 6ª Região Militar, entre outras autoridades. 

De acordo com o ministro da Justiça, o Brasil vive um estado democrático de direito conquistado com dificuldade. “Temos desde 1988 a mais democrática das constituições brasileiras, com garantia das liberdades de manifestação, de reunião e de vários outros direitos. Um deles é o direito à Segurança Pública. Por isto, a Constituição também coloca certos limites à ação de agentes públicos. E, neste caso, houve clara violação do texto constitucional. Não é possível que tenhamos um interesse corporativo se sobrepondo ao direito da população”. 

Cardoso disse que os órgãos do Estado se uniram para garantir o Estado Democrático de Direito. “Em nome da presidenta Dilma Rousseff, eu quero cumprimentar o governador Jaques Wagner pela serenidade e firmeza que ele conduziu este processo. Quero parabenizar o secretário Maurício Barbosa pela postura que manteve durante este período. Quero agradecer ao ministro interino da Defesa, brigadeiro Juniti Saito, ao chefe do Estado Maior Conjunto das Forças Armadas, general José Carlos Denardi, e ao comandante da 6ª Região Militar, general Racine Bezerra”. 

Manutenção da GLO

Segundo Wagner, mesmo com o anúncio do fim da greve, está mantida a Garantia da Lei e da Ordem (GLO). “O nosso planejamento não se encerra aqui, temos um feriado pela frente e vamos manter a GLO para uma reavaliação e ter a certeza de que a normalidade foi reconquistada. Quero me confraternizar com a população e parabenizar o esforço do secretário da Segurança Pública, Maurício Barbosa, do comandante da Polícia Militar, Alfredo Castro, dos secretários e outras autoridades que participaram do processo”.

Wagner disse que reconhece a importância dos policiais e da Segurança Pública. “Eu tenho consciência do valor daqueles que oferecem a própria vida para garantir a nossa paz e a nossa segurança. Mas continuo dizendo que o texto constitucional é claro, não é admitida a figura da greve em Forças Armadas e a PM é auxiliar das Forças Armadas”. 

Diálogo está mantido 

O governador também afirmou que mantém a modernização da Polícia Militar. “O diálogo estava aberto, foi encerrado por eles, está retomado, mas não podemos ameaçar a cidadania por melhorias salariais. O que foi assinado hoje é praticamente igual ao que foi ofertado antes do início da greve. A única coisa que melhorou, e é muito pequeno frente ao que havia sido proposto, é o pagamento das Condições Especiais de Trabalho (CET) para os tenentes, que sobe de 100% para 125%”. 

Os pontos de consenso aprovados em assembleia são aumento da Gratificação por Condições Especiais de Trabalho (CET) dos praças na proporção de 25% para as funções administrativas, 45% para as operacionais, 65% para os motoristas e Regime de Tempo Integral (RTI) para os oficiais, com atualização da lei; retirada para nova discussão da proposta do Código de Ética e rediscussão das propostas do Estatuto e Plano de Carreira; revisão dos processos administrativos e disciplinares referentes à mobilização de 2012.

Também entraram na negociação a regulamentação do Artigo 92 do Estatuto dos Policiais Militares, nas bases a serem negociadas com o Governo do Estado, Associações e PM; auxílio-alimentação; auxílio-funeral; auxílio-fardamento para alunos em formação; auxílio-transporte e bagagem. 

Publicada às 15h20
Atualizada às 16h30

GOVERNADOR WAGNER E MINISTRO EDUARDO CARDOSO CONDENARAM A GREVE DA POLÍCIA E TERCERAM DURAS CRÍTICAS

O ministro ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, voltou a criticar a greve de policiais militares na Bahia, encerrada nesta quinta-feira (17). O ministro conversou com jornalistas no prédio da Governadoria, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), após o anúncio do fim da greve. 


Ministro criticou greve da Polícia Militar ( Foto: Manu Dias/GOVBA)

"Houve uma clara violação do texto constitucional. Não é possível que reivindicações possam ser viabilizadas espalhando pânico, terror e gerem crimes", disse o ministro. "É inaceitável que num estado de direito o povo sofra o que sofreu o povo baiano". 

O governador Jaques Wagner Coordenou e também participou da entrevista coletiva e disse: “Recebemos a notícia que nos tranquiliza muito de que, com os nossos esforços e de alguns intermediários, finalmente os policiais aprovaram, em assembleia, o fim da greve”, afirmou o governador.

ENCERRA-SE A GREVE DA POLÍCIA MILITAR: O GOVERNO DA BAHIA ENTROU COM AÇÃO NO MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL QUE CONCEDEU LIMINAR DETERMINANDO O FIM DA GREVE SOB PENA DE PAGAMENTO DE MULTA NO VALOR DE R$ 1.400.000,00 (HUM MILHÃO E QUATROCENTOS MIL REAIS) POR DIA


A pedido do Ministério Público Federal (MPF), o Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), sediado em Brasília, concedeu liminar determinando a imediata paralisação da greve da Polícia Militar na Bahia, sob pena de pagamento de multa diária de 1,4 milhões de reais. Determinou, ainda, o bloqueio de bens de Marco Prisco, das associações envolvidas no movimento paredista e de seus dirigentes.

Segundo a decisão, a multa deverá ser paga pelos 14 réus da ação ajuizada pelo MPF/BA, que tiveram seus bens bloqueados: Associação de Policiais e Bombeiros e de seus Familiares no Estado da Bahia (Aspra), Associação de Praças da Polícia Militar da Bahia (APPM/BA), Associação dos Oficiais da Polícia Militar da Bahia (AOPM/BA - Força Invicta), Associação dos Oficiais Auxiliares da Polícia Militar do Estado da Bahia (AOAPM/BA), Associação dos Subtenentes, Sargentos e Oficiais da Polícia Militar Da Bahia – (ABSSO/BA), Associação dos Bombeiros Militares da Bahia (Associação Dois de Julho/Ba), Marco Prisco Caldas Machado, vereador e Diretor-Geral da Aspra/BA, Jackson da Silva Carvalho, presidente da ABSSO/BA, Agnaldo Pinto de Sousa, presidente da APPM/BA, Edmilson Tavares Santos, presidente da AOPM/BA - Força Invicta, José Alberto da Silva, diretor financeiro da AOAPM/BA, Nelzito Coelho Oliveira Filho, presidente da Associação Dois de Julho/BA, Ubiracy Vieirados Santos, presidente da AOAPM/BA e Paulo Sérgio Simões Ribeiro, diretor financeiro da AOPM/BA - Força Invicta.

A decisão, assinada na tarde de quarta-feira, 16 de abril, durante regime de plantão, foi tomada a partir de pedido urgente ajuizado por meio do Ministério Público Federal diante da deflagração da greve da PM baiana. O bloqueio de bens visa garantir o ressarcimento dos prejuízos causados aos cofres públicos, a exemplo do uso da Força Nacional de Segurança Pública para o estado. 
Número para consulta processual na Justiça Federal: 13369-02.2014.4.01.3300.

* Com informações da Procuradoria da República na Bahia.

SALDO DA GREVE IRRRESPONSÁVEL LIDERADA POR PRISCO VIANA (PSDB 45), CAPITÃO TADEU (PSB 40) E MAJOR EDMILSON (DEM) E OUTROS QUE SÃO CONTRA O NOSSO GOVERNADOR

PESQUISA VOX POPULI DE 16/04/2014 APONTA QUE DILMA VENCERÁ NO PRIMEIRO TURNO AS ELEIÇÕES DE 5 DE OUTRUBRO DE 2014

quarta-feira, 16 de abril de 2014

LOJAS SÃO SAQUEADAS E ESCOLAS SUSPENDEM AS AULAS, A POPULAÇÃO BAIANA PREJUDICADA POR UMA GREVE ELEITOREIRA


Estabelecimentos comerciais, principalmente lojas de eletrodomésticos, foram invadidos e saqueados desde a noite desta terça-feira (16) em Salvador. De acordo com registros feitos pela população, a loja Ricardo Eletro de São Caetano teve muitos materiais roubados. Na Rua Nova de São Bento, algumas lojas de um centro comercial foram invadidas e um segurança precisou atirar para cima para dispersar o grupo. Outro ponto de ataque foi a loja da Cesta do Povo, no Ogunjá. De acordo com a polícia, até os carrinhos do supermercado foram levados. Mais de 50 veículos foram roubados em Salvador desde o início da madrugada, após o anúncio do início da greve da Polícia Militar. De acordo com informações da polícia, a onda de assaltos já havia começado na noite de terça-feira (15), após a confirmação da paralisação da categoria. As escolas estão sem aulas e todo povo baiano prejudicado.

A CULPA DA GREVE DA POLÍCIA MILITAR É DO CAPITÃO TADEU (PSB) E DE PRISCO VIANA (PSDB)...ELES SÃO OS RESPONSÁVEIS POR TUDO DE MAL QUE ACONTECER AOS BAIANOS NESTES DIAS

Capitão Tadeu (PSB)

Prisco Viana (PSDB)


O deputado estadual, Cap. Tadeu (PSB) e o Vereador Prisco Viana (PSDB) no intuito de se elegerem deputados orquestraram esta greve que já começa causando transtornos a população Baiana. No governo Wagner a polícia teve várias reivindicações atendidas, mas a oposição e os PMs políticos não estão ne ai para o que possa acontecer com os baianos e baianas. A ganância pelo poder passa por cima de tudo, é maior que o respeito à corporação e à população. Tiveram diversos diretos adquiridos, mas derrepente estoura a greve. Estas greves são atitudes que maculam a imagem da instituição. O governo concordou com grande parte dos pedidos dos policiais. O fim da greve só depende destes líderes que ainda têm seus candidatos a governador os apoiandos, mas não mostram a cara, e quando entrevistados se colocam como quem não estão tirando proveito da miséria (causada por eles) da população baiana.. No dia da eleição não dê o seu voto a estes que estão implantando e torcem pelo cáos na Bahia. Diga não à Prisco e ao deputado Capitão Tadeu e aos seus decandidatos à senador, à governador e governadora. Os baianos e baianas não aceitam esta greve eleitoreira.